10 milhões para construção de um muro de 84 mil metros quadrados na praia da Armação.

Um alívio para os moradores, que já vivem em pânico com o mar avançando sobre casas, dunas e muros.

Um desfile de políticos.

Foguetório. E mais foguetório.

Ano de eleição, me desculpem o palavreado, é foda.

Anúncio de verba vira festa, com foguetes, flashes  e etc…Mesmo a mídia e muitos que nem haviam colocado os pés na Armação até então, apareceram para a cobertura do grande evento desta quinta-feira.

A dez metros dali, o mar derrubava mais uma casa, levava mais pedras, causava mais estrago.

E os foguetes estouravam.

Preferia que  fossem “estourados” quando a obra terminasse, quando a água não oferecesse mais riscos à casa da dona Alcilene, por exemplo, que chega na praia e chora cinco vezes por dia. A casa de seu vizinho, essa aí da primeira foto, está metade no terreno e a outra metade na praia.

E dá-lhe foguetório.

O circo começou. O muro de pedras também começou a ser construído. A Prefeitura Municipal, a despeito de ter demorado a dar as caras e ver o que acontecia de fato na Armação, agiu rápido, conseguiu os licenciamentos e já começou a obra. Vamos torcer parta que tudo termine bem.

Tenho medo de comemorar antes. Aqui no Campeche uns puxa-sacos colocaram uma faixa de agradecimento ao governo estadual por uma obra que seria realizada num acesso de uma rodovia. Rasgaram elogios. Quem passa no bairro hoje vê outra faixa, dos mesmos autores: “150 dias de obras paradas. Parou por quê? Por quê parou?”. Os trouxas se passaram de ridículos e gastaram com duas faixas…

Por isso digo que político e obras são iguais aos juízes de futebol… Não se pode elogiar antes do final do jogo.

E dá-lhe foguetes.

Enquanto os foguetes estouravam, dona Alcilene chorava do outro lado. Não de alegria, mas de tristeza por ter a absoluta certeza de que não haverá tempo hábil para que o muro evite que a água chegue em sua casa.

A previsão é de um novo ciclone no final de semana. E de uma ressaca com ondas de até três metros.

Quem vai soltar foguetes na segunda-feira???

No responses yet

  1. Caro Fabrício, tudo bem?

    Há uns 2 meses a comunidade da armacação esteve na câmara de vereadores da capital,participando de uma audiência pública. Não estava lá na hora, mas assisti o programa (reprise) a noite. Queres uma sugestão? solicite uma cópia da audiência é veja o que o engenheiro da DEINFRA falou a respeito do projeto de repecuração da praia…depois faça seus comentários… o que mais me machou a atenção, pelo que me lembro, era que o projeto de recuperação da praia era simples, inclusive envolvendo o engordamendo da praia….o custo da obra era baixo também… assista o video e veja…deve ser porque a coisa ficou feia de lá pra cá né?…abraços
    abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap