Tem um ditado de uns mil anos que é o seguinte: Desgraça pouca é bobagem.

Pois é o que acontece na Armação.

Depois do mar ameaçar as casas, deu-se a emergência.

Depois da emergência vieram os políticos.

Depois dos políticos, vieram os recursos federais.

Depois dos recursos federais, vieram os caminhões.

E finalmente depois dos caminhões, as ruas foram para o bebeléu.

Parece uma batata Ruffles, mas é uma das pequenas ruelas de acesso à praia da Armação….

58 caminhões passando três vezes ao dia. Tem rua que não tem como mais passar sem pegar o fundo do carro.

É um problema, digamos, pequeno perto da ressaca que destruí casas e etc…

Mas fico pensando por quanto tempo essas ruas vão ficar desse jeito. A previsão é de vários meses de obras pela frente.

Caminhões e mais caminhões.

Pobre de quem mora ali.

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap