• Save

_ Que horror essa deputada Júlia Zanatta, lá de Criciúma, incitando a violência contra o Lula com uma metralhadora na mão. Isso é grosseiro, um absurdo.

_ Não é uma metralhadora, é um fuzil.

_ Podia ser um estilingue ou um tacape, mas é incitar a violência. É mais uma vergonha para Santa Catarina.

_ Onde ela está incitando a violência contra o Lula?

_ Com o desenho da mão perfurada com dedos.

_ Qualquer outra pessoa pode ter quatro dedos em uma mão. Ela não está atacando o seu presidente quatro dedos, está apenas defendendo os empregos das pessoas que trabalham com armas. Todo um setor econômico se preparou para isso. Santa Catarina é um estado que gera empregos, com pessoas trabalhadoras e ordeiras. Qual é vergonha de defender nossa economia? É o Sul que sustenta esse país.

_ Mas não podemos criar outras formas de geração de empregos? Para que armas? Quem compra arma e com que objetivo?

_ As armas são autorizadas para que possamos defender a propriedade e família das quadrilhas de esquerdopatas genocidas.

_ Mas você não me respondeu? Quem compra uma arma? Você por exemplo, mora de aluguel e vai querer arma para defender que propriedade? A do seu inquilino?

_ Tenho uma CG.

_ E por isso vai comprar uma arma? Apoia isso?

_ A lei me permite defender a minha propriedade. A CG é de minha propriedade e a uso para trabalhar. Defendo com a vida.

_ Mas as armas custam mais de cinco reais as mais baratas. Aquele fuzil que a deputada está abraçada deve custar mais de dez mil. Não concordo. E você? Como vai pagar? Não é melhor trocar de moto?

_ Tem parcelamento e venda até no cartão pela internet. Vi até os sites. O importante é defender a minha propriedade e gerar empregos.

_ Isso é um absurdo. Você não tem onde cair morto, trabalha dia e noite, fica esperando meses por uma consulta no SUS para arrumar esse joelho, não tem cheque especial, usa o crédito rotativo do cartão. Ficou três meses devendo a mensalidade da pelada. Vai parcelar uma arma para quê?

_ Tá reclamando da deputada Júlia? Porque não se muda para o Nordeste? Eu não paguei a pelada porque estava machucado.

_ Mas bem que jogou, até machucado. Você não tem argumentos e aí a saída é me mandar para o Nordeste? Eu vivo em Santa Catarina.

_ Mas fala mal de onde vive, então é melhor morar com os seus. Não tava defendendo o Gilberto Gil esses dias? É fácil resolver isso. Troca a tainha pelo acarajé e não reclama.

_ Você já está sendo xenofóbico porque não tem argumentos para defender essa violência gratuita.

_ A deputada quer o desenvolvimento econômico e a geração de empregos. Não pode dizer que ela incita o ódio contra o seu presidente quatro dedos. Ela defende o cidadão do bem. Isso é mimimi de esquerda.

_ Mas e a mão com quatro dedos furada a bala?

_ Quem disse que são tiros? Não viu a foto inteira?

_ Como assim?

_ Não percebeu que a deputada quer a paz. Está bem explícito na foto. Emprego e paz e prosperidade para o cidadão do bem.

_ Com uma arma na mão?

_ Ela é a mãe. Defende a família e a moral.

_ Acariciando um fuzil?

_ Ela é mãe, jovem, defende a família e os costumes. Defende Santa Catarina, é loura.

_ E daí ela ser loura?

_ Ela quer defender nossos empregos e as famílias catarinenses do bem. O Sul move o país. Carregamos o país nas costas.

_ Você trabalha com isso. Ganha o que com isso? Vai ganhar dinheiro com isso? O que a indústria de arma tem a vem com você, que é entregador?

_ Meu direito de me proteger contra a ditadura comunista, os esquerdopatas, essas pessoas com desorientação sexual que ameaçam a nossa família. Tenho duas filhas.

_ E vai querer que os namorados de suas filhas andem armados? Essas pessoas te ameaçam de que jeito?

_ Porque existem.

_ Não entendo. A Júlia Zanatta deveria ser punida pela Câmara dos Deputados. Isso é incitação ao ódio.

_ Você não sabe das coisas.

_ Como assim?

_ Ela é mãe, é loura e de uma família rica e influente do sul de Santa Catarina. Defende o cidadão de bem. O resto vou ter que desenhar pelo jeito. Cara, tu não consegue ver mensagens diretas e claras, se fosse uma mensagem subliminar estaria perdido.

_ Me explica, me explica então que devo ter vindo de um planeta diferente do seu.

_ Ela está usando uma tiara de flores.

_ Então ela é deputada, de família influente, mãe, defensora da família e de empregos e usa uma tiara de flor ? É isso?

_ Flor significa paz, seu mandrião.

_ Ah tá.

O assunto terminou por ali. Tomaram o resto da cerveja em silêncio e foram embora. Cada um para o seu lado.

Não sei se um comprou a arma. Estava com problema com o limite do cartão. Mas continuou com a CG e ainda aguarda uma consulta pelo SUS para tratar os ligamentos.

O outro foi embora para o Nordeste.

Nunca mais se falaram.

A deputada continua deputada. Continuou falando de armas. Continua loura e usando tiara na cabeça.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap